Sexta-feira, 8 de Maio de 2009
Prémios Edição Ler | Booktailors – Prémios Especiais
«É grave não existirem prémios inteiramente dedicados à indústria editorial – esse mundo complexo onde não existem apenas editores, onde não existe apenas literatura, mas um conjunto de funções, especialidades, vocações, trabalhos e missões diferentes. Por isso (e pela primeira vez), se justifica a atribuição destes prémios – numa iniciativa da LER e da Booktailors. No centro de tudo – o livro. É pelo livro que os seleccionados deste ano respondem. Não apenas pelos seus livros – mas pelo livro. Pelo prazer. Pela inovação. Pela garantia de qualidade. Pela garantia de que não se esquece um livro como não se esquece que é pelos livros que a nossa vida ganha algum sentido, às vezes todo o sentido.»

Francisco José Viegas

Abaixo encontramos os vários vencedores:

Prémio Especial Carreira (Editor)
JOAQUIM FIGUEIREDO MAGALHÃES

Figueiredo de Magalhães (1916-2008) «tinha qualquer coisa de príncipe florentino e de cardeal herético, mas o que me impressionava era o humor e a grandeza de coração» – as palavras são de José Cardoso Pires e definem o criador da editora Ulisseia (e do Almanaque) e, portanto, editor de Mourão-Ferreira, O’Neill ou Cardoso Pires, além de Mailer, Hemingway, Steinbeck, Faulkner e tantos outros. A nossa escolha tinha sido feita antes de a morte o levar, em Novembro do ano passado. Um notável cavalheiro.

Prémio Especial Editora do Ano
TINTA-DA-CHINA

Apesar de ser um jovem projecto da edição portuguesa, a Tinta-da-China conta já com um catálogo extenso e respeitado. Mais do que apresentar um novo catálogo a Tinta-da-China combina a qualidade editorial à gráfica, aposta em bons materiais e mantém essa forte coerência em todos os livros que publica. O sucesso que em 2008 alcançou com alguns dos seus livros, demonstram que a consistência e o bom trabalho também têm lugar nos tops. Por isso, foi considerada a Melhor Editora Portuguesa de 2008.

Prémio Especial Editora Revelação
SEXTANTE

Tendo à frente um editor experimentado, João Rodrigues, a Sextante surpreendeu pelo cuidado com que publica todos os seus livros. A capacidade que a Sextante demonstrou na escolha dos títulos é comprovada pelos vários prémios literários que os seus livros têm recebido. Pela extrema qualidade do projecto e pela ousadia de apostar na literatura portuguesa, o Júri considera a Sextante um dos melhores exemplos de edição em Portugal.

Prémio Especial Artes Gráficas
HENRIQUE CAYATTE

Sem dúvida um dos nomes que mais contribuíram para a renovação do design editorial português – através de ilustrações, desenho de capas, concepção e coordenação editorial de livros. Mas também demonstrando que nenhum livro se pode desenhar sem ser lido, sem ser estudado e sem atender aos caminhos que deixa abertos. Entre outros projectos, Cayatte mantém o design da Sextante e parte do da Dom Quixote, bem como a revista Egoísta. Foi, durante uma década, director gráfico da LER.

Prémio Especial Tradução
FERNANDA PINTO RODRIGUES

Doris Lessing, Nabokov, Rex Stout, Agatha Christie, J.G. Ballard, J.R.R. Tolkien, Stephen King, Ray Bradbury, Henry Miller, Hervé Bazin, Bernanos, Ian McEwan, A.S. Byatt, Hermann Hesse, Collette, Soljenitsine, Ishiguro, Defoe, Updike, Orwell, Malcolm Lowry, Jane Austen, Raymond Chandler, Mark Twain, Patricia Highsmith, Ruth Rendell, Saul Bellow, Steinbeck – a lista é quase interminável e enumera autores que Fernanda Pinto Rodrigues traduziu. Uma carreira notável. Mais do que uma carreira – uma vida.

Prémio Especial Revisão
GUILHERME AYALA MONTEIRO

O trabalho de revisão é um dos mais ignorados. Ayala Monteiro, durante anos integrado na redacção do Diário de Notícias, é um dos nomes que representa – com inegável qualidade – o trabalho desses profissionais abnegados e esquecidos, meticulosos e insistentes. Culto, interessado, dialogante (porque a «revisão» não pode instituir uma ditadura), Guilherme Ayala Monteiro é um dos melhores revisores portugueses; através deste prémio distinguem-se muitos outros, ignorados e trabalhando em silêncio.

Prémio Especial Inovação
BIBLIOTECA INDEPENDENTE

O negócio do livro de bolso é, em Portugal, um mistério. As editoras Assírio & Alvim, Cotovia e Relógio d’Água juntaram-se, por isso, para produzir e comercializar uma cativante série de pockets. Hoje, a Biblioteca de Editores Independentes é também uma empresa com capitais e recursos próprios – e o seu catálogo uma surpresa agradável, cheia de clássicos e de títulos indispensáveis a qualquer biblioteca. O Júri considerou tratar-se de uma inovação e de um risco que lhe cumpria distinguir e elogiar.

Prémio Especial Livreiro
JOÃO PAULO MARTINS

Com portas abertas desde 1840, e na posse da mesma família há seis gerações, a Livraria Férin – a segunda mais antiga do País – é um exemplo de adaptação aos novos tempos. A poucos passos da Fnac do Chiado, a Férin, com João Paulo Martins, apostou numa especialização forte, na qualidade da escolha editorial, nos livros importados e no tipo de atendimento ao cliente, combinando história e modernidade, memória e contemporaneidade.

Prémio Especial Livraria Independente
PÓ DOS LIVROS

À medida que as grandes livrarias se transformam em espaço de venda rápida, nascem e renascem outras em que os livros se demoram mais tempo. « Os livros com pó são os livros que resistiram ao tempo, por isso os considero importantes» – foi assim que Jaime Bulhosa explicou a denominação da livraria (Avenida Marquês de Tomar, 89, em Lisboa): uma frase do seu pai. Ambiente, qualidade de serviço, fundo de catálogo – e o prazer de folhear e ver livros sem data e sem a «pressão das novidades».

Prémio Especial Jornalista ou Imprensa de Edição
LUÍS CAETANO

Jornalista dedicado, Luís Caetano demonstra uma paixão invulgar pelos livros e pela literatura, que combina com um constante trabalho na divulgação dos principais eventos editoriais. O espaço radiofónico de excelência que mantém é considerado pelo Júri digno de todos os elogios. Este prémio é uma homenagem não só ao jornalista e homem de cultura que é Luís Caetano, mas também aos seus programas Última Edição e A Força das Coisas, na Antena 2.

Prémio Especial Blogue de Edição
BIBLIOTECÁRIO DE BABEL

José Mário Silva (poeta, crítico literário e jornalista) iniciou a 10 Dezembro de 2007 o borgesiano «Bibliotecário de Babel» (http://bibliotecariodebabel.com/), como um espaço de discussão de autores, livros e literatura – de onde nunca desapareceu um olhar crítico e atento sobre o nosso mercado editorial. A actualidade do blogue, o seu rigor e pertinência, justificam plenamente a atribuição deste prémio.

Prémio Especial Promoção de Autor Português
RUI MANUEL AMARAL & ANGELUS NOVUS

Rui Manuel Amaral é publicitário e a forma como a campanha se desenvolveu não será alheia a este aspecto particular do autor. Com escassos meios, Caravana, publicado pela Angelus Novus, conseguiu «furar o ruído», ganhando notícias nos meios tradicionais e não tradicionais (nomeadamente na blogosfera). Apoiada num conjunto de trailers feitos pelo próprio autor − e pouco mais do que uma câmara ao ombro – deu-nos o prazer de conhecer os seus microcontos e de assistir à booktour.

tags:

Publicado por Prémios de Edição às 10:56
link do post

Mais informações sobre os Prémios de Edição através do e-mail premiosdeedicao@booktailors.com.

Organização:
BOOKTAILORS Consultores Editoriais
Travessa das Pedras Negras, 1, 3.º Dir.º
1100-404 LISBOA


Revista LER
Rua Prof. Jorge da Silva Horta, 1
1500-499 Lisboa
Pesquisa